Network for Digital Methods in the Arts and Humanities (NeDiMAH)

 

 

NeDiMAH

 

Network for Digital Methods in the Arts and Humanities (NeDiMAH) foi lançado em maio de 2011, financiado pela European Science Foundation (ESF). Com o objectivo de fomentar a investigação e a divulgação dos projectos nesta área. É constituída por seis grupos de trabalho com temática específica:

– space and time
– Information visualisation
– Linked data and ontological methods
– Developing digital data: building and developing collections of digital data for research
– Using large-scale text collections for research
– Scholarly digital editions

E três grupos transversais:
– Development of the ICT metodos taxonomy
– Impact of ICT research methods on scholarly publishing
– Other activities

 

DASISH Newsletter: Special Issue, September 2013

dasish

 

Número especial (DASISH Newsletter: Special Issue, September 2013) dedicado ao CESSDA AS (Council of European Social Science Data Archives). O CESSDA AS é desde junho de 2013 uma estrutura pan-europeia. O grande objectivo para CESSDA é fornecer acesso contínuo a dados através de repositórios. O CESSDA vai incentivar a normalizaçã de dados e metadados, a difusão de dados e a mobilidade do conhecimento em toda a Europa. O CESSDA pretende desempenhar um papel activo no desenvolvimento de normas, e para incentivar e facilitar o uso de metadados normalizados para documentar e divulgar os inventários de dados de pesquisa disponíveis a partir de recursos transnacionais na Europa.

 

CLARIN – Common Language Resources and Technology Infrastructure

clarin

 

CLARIN está integrado na União Europeia e tem como objeto a criação de uma infraestrutura pan-europeia que impulsione a pesquisa na área multicultural e multilingue que é a Europa.

É uma infra-estrutura de dados distribuídos, sediada em instituições europeias, fazem parte desta rede as universidades, instituições de pesquisa, bibliotecas e arquivos públicos.
Os membros do CLARIN são os governos ou os seus representantes e organizações intergovernamentais da União Europeia.

Os países membros do Clarin ERIC são: Áustria, Bulgária, República Checa, Alemanha, Dinamarca, Estónia, Holanda e Polônia.

O objectivo do CLARIN ERIC é para avançar a pesquisa em ciências humanas e sociais, dando aos pesquisadores o acesso a uma plataforma que integra recursos baseados na linguagem e ferramentas avançadas a nível europeu.

DASISH – Digital Services Infrastructure for Social Sciences and Humanities

dasish

DASISH (Digital Services Infrastructure for Social Sciences and Humanities) foi um projecto do FP7-INFRASTRUCTURES-2011-1, com a duração de 36 meses, iniciou-se a 1 de janeiro de 2012 e terminou a 31 de dezembro de 2014.
Tinha como objetivo oferecer soluções para os cinco projectos mais relevantes em ciências sociais e humanidades do ESFRI (European Strategy Forum on Research Infrastructures):

– CESSDA (Council of European Social Science Data Archives)

– CLARIN (Common Language Resources and Technology Infrastructure)

– DARIAH (Digital Research Infrastructure for the Arts and Humanities)

– ESS (European Social Survey)

– SHARE (Survey of Health, Ageing and Retirement in Europe)

DASISH é uma FP7-INFRASTRUCTURES-2011-1 project

Possuia uma folha de notícias (DASISH newsletter) editada desde 2012, com periodicidade anual.

Na secção “deliverables” destaca-se o relatório sobre preservação.

DARIAH relatório de 2012

DARIAH

Relatório 2012

O projeto DARIAH,  realizou a consolidação como organização da UE  afim de garantir o financiamento das atividades.

O DARIAH está em processo de se estabelecer como um organização europeia ou ERIC (Consórcio de Infra-estrutura Europeu de Investigação), processo moroso mas que poderia garantir até vinte anos de financiamento.
O DARIAH procura evidenciar os projetos europeus que contribuiram para o desenvolvimento dos métodos digitais.
Paises que integram: Áustria, Croácia, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Irlanda, Luxemburgo, Holanda, Sérvia e Eslovenia. Está prevista o crescimento do O DARIAH e a integração de outros países da UE.