Aldo Manuzio: a «república das letras» e a criação do livro moderno

Aldo Manuzio: a «república das letras» e a criação do livro moderno
SEMINÁRIO  | 3 – 4 dez. | Auditório BNP | Entrada livre

Pormenor de marca de impressor de Aldo Manuzio. [Epistole. Orazioni scelte], Bartolommeo de Alzano, Veneza, Aldo Manuzio, setembro 1500 (BNP INC. 1123)

Pormenor de marca de impressor de Aldo Manuzio. [Epistole. Orazioni scelte], Bartolommeo de Alzano, Veneza, Aldo Manuzio, setembro 1500 (BNP INC. 1123)

“Assinala-se em 2015 o 5.º centenário da morte de Aldo Manuzio (ca 1450-1515), estudioso, erudito e professor que – pela obra que empreendeu na sua oficina tipográfica e na Academia que animou em Veneza, com o objetivo de divulgar os clássicos gregos e latinos – representa a figura do humanista-impressor-editor literário. Continuar a ler